in

Geopolítica internacional nos séculos XX e XXI

Blocos econômicos se fortaleceram com a forte globalização e se tornaram influentes eixos econômicos e políticos

A década de 1990 marcou uma grande mudança na geopolítica internacional. Com o final da Guerra Fria e, por consequência, o fim da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) e a queda do muro de Berlim, o mundo passou a ser multipolarizado.

A vitória do capitalismo estadunidense perante ao fracasso do socialismo soviético não tornou os EUA a principal economia do mundo. Por conta dessa maior globalização, no final do século XX houve o surgimento de diversos blocos econômicos.

Esses blocos econômicos se fortaleceram com a forte globalização e se tornaram influentes eixos econômicos e políticos na geopolítica internacional. Alguns exemplos desses blocos são:

  • União Europeia;
  • Tigres Asiáticos;
  • Mercosul;
  • Aliança do Pacífico (APEC).

Entretanto, esse desenvolvimento econômico gerado pela multipolaridade veio acompanhado de conflitos culturais. Disputas por enriquecimento e poder colidiram com questões culturais e religiosas em diversas nações. Isso gerou diversos conflitos civis e militares. As relações externas no final do século XX se tornaram instáveis, o que afetou a geopolítica internacional.

Organismos multilaterais na geopolítica internacional

Em meio a essa turbulenta geopolítica internacional, foram criados diversos organismos multilaterais que visam a manutenção da paz e a cooperação entre os países. Essas organizações atuam em uma escala global na busca da estabilidade das relações internacionais.

A operação desses organismos ocorre em diversos campos, como o social, econômico, político, cultural, entre outros. Eles trabalham na adoção de regras para o comportamento econômico, político, social dos países membros. Para, assim, manter uma diplomacia.

Além disso, essas organizações multilaterais funcionam no sentido de resolver crises na esfera internacional ou nacional. Seja essa desordem gerada por conflitos diversos ou algum tipo de catástrofe, não deixando essa desarmonia atingir a geopolítica internacional.

Papel da ONU

São exemplos de organismos multilaterais: a Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) e o FMI (Fundo Monetário Internacional). Outro exemplo de organização multilateral de atuação é a ONU (Organização das Nações Unidas).

A ONU tem as funções primordiais de manter a paz internacional e garantir os direitos humanos. Além do mais, a ONU promove o desenvolvimento socioeconômico das nações e torna mais forte os vínculos dos países soberanos.  

Dicas Enem

Você que vai prestar o Enem e outros vestibulares, fique atento a esses acontecimentos da geopolítica internacional que influenciam o mundo até hoje:

Desde 2014, tem ganhado força no mundo aquele que é considerado uma das maiores organizações extremista da história: o Estado Islâmico. O grupo controla grandes regiões no Iraque e na Síria. Ele utiliza-se de desumanas táticas de dominação e articulando ataques terroristas em várias partes do mundo.

Os líderes do grupo proclamaram a criação de um califado nas terras ocupadas, o que gerou grande revolta no mundo árabe-muçulmano. Isso ocorre pelo fato de que a maioria das organizações islâmicas e nações muçulmanas condenam o Estado Islâmico. Pois a maioria das vítimas do grupo é os próprios muçulmanos.

Refugiados

Outro assunto que influencia a geopolítica internacional é a questão dos refugiados. Essas pessoas saem dos seus países de origem e temem voltar para eles por conta de questões políticas e religiosas ou até mesmo por conta de uma guerra.

A ONU, em 1951, determinou que esses refugiados não poderiam ser devolvidos para sua terra Natal e, assim, o Estado que os abrigavam deveria oferecer condições mínimas de vida para essas pessoas. Mas na realidade não é assim que acontece.

A ONU também não determinou uma sanção ao país que não cumprisse essa determinação. Isso faz com que muitas vezes os refugiados sejam confinados em centros de detenção, que podem ser comparados com as prisões.

Em suma, a geopolítica internacional sofreu diversas mudanças desde o século XX. Com o fortalecimento do capitalismo e aumento da globalização, os embates culturais também cresceram, o que gera diversos conflitos pelo mundo.

O que você achou?

Escrito por Redator Especialista em Geografia

Redator especialista em Geografia no Guia do Ensino.

Caso encontre um erro, violação de direitos autorais ou queira enviar um feedback/sugestão, utilize o e-mail: [email protected] para contato.

Comentários

Deixe uma resposta

Carregando...

0

Estatística e probabilidade: desvios e variância

Capitalismo: o novo sistema que substituiu o feudalismo