in

Fórmulas químicas

Fórmula química é uma representação gráfica de um composto químico. Ela representa o número e o tipo de átomo que constituem uma molécula. É o modo abreviado para representar as reações químicas através de símbolos químicos.

Matéria, compostos e elementos

Tudo o que nos rodeia é matéria. Pode-se definir matéria como tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e tem massa. A matéria é, portanto, formada por substâncias puras e misturas.

Substâncias puras podem ser elementos ou compostos. Água, ferro, oxigênio, açúcar e butano são exemplos de substâncias puras.

Por isso a substância pura tem uma composição fixa e apresenta propriedades constantes em toda sua extensão.

Há substâncias puras, porém, que podem ser decompostas em outras mais simples e são chamadas de compostos.

A água, por exemplo, é decomposta em dois gases: oxigênio e hidrogênio. Esses gases são exemplos de elementos, substâncias puras que não podem ser decompostas por nenhum procedimento.

Nesse sentido, os elementos também são chamados de substâncias simples. E os compostos de substâncias compostas, formadas por dois ou mais tipos de partículas.

Símbolos

O químico e físico inglês John Dalton (1766-1844), em princípios do século XIX, propôs uma série de símbolos para representar elementos químicos conhecidos até então.

Essa série de desenhos foram compilados à medida que se conheciam novos elementos.

Foi o médico e químico sueco Johs Jakob Berzelius (1779-1848) quem sugeriu a simbologia usada atualmente, da tabela periódica:

– Cada elemento químico é representado por um símbolo, que pode ser a letra inicial do nome do elemento em caractere maiúsculo. Por exemplo, hidrogênio (H), oxigênio (O).

– Para evitar iniciais repetidas, alguns tem a segunda letra acompanhada também. No caso de cálcio (Ca) ou berílio (Be).

– Alguns elementos são representados pelos símbolos de seus nomes em latim, como ouro – aurum (Au), ou do grego, hélio – hélios (He).

Fórmulas

As substâncias são representadas por fórmulas. As fórmulas indicam quais são os componentes que constituem a substância, assim como as proporções em que eles se encontram.

No caso de uma molécula de ácido sulfúrico, por exemplo: H₂SO₄. Por meio de sua fórmula, podemos constatar que há dois átomos de hidrogênio, um átomo de enxofre e quatro átomos de oxigênio.

Tipos de fórmulas

Essa fórmula acima exemplificada de ácido sulfúrico é a fórmula molecular dos compostos. Como exemplificamos, ela mostra de forma simples a constituição da molécula, os átomos e suas quantidades.

Além da fórmula molecular, que é a mais comum, há também os outros tipos seguintes:

Fórmula mínima: que é a simplificação da fórmula molecular. Muitas vezes, como é o caso do ácido sulfúrico, não há como simplificar mais. Portanto a fórmula mínima é a mesma da molecular.

Fórmula eletrônica: uma fórmula mais complexa, pois além de mostrar os átomos e suas quantidades, também indica os elétrons da camada de valência de cada átomo e a formação dos pares eletrônicos.

Fórmula estrutural plana ou simplificada: a fórmula estrutural de Couper é a representação mais gráfica dos compostos. Há as ligações entre os átomos, sendo cada par de elétrons entre os átomos representados por um traço.

Fórmula porcentual: indica a porcentagem da massa de cada um dos elementos dos compostos.

H2SO4: H 2,04%, S 32,65%, O 65,31%.

Exercícios

Exemplo de exercício para calcular a massa detalhada dos compostos:

H2SO4 (H = 1, S = 32, O = 16)
MM = 98u
98u—-100% da massa de H2SO4

2u H— x
x = 2,04 % de hidrogênio
98u—– 100%
32u S—- x
x = 32,65% de enxofre
98u —– 100%
64u O— x
x = 65,31% de oxigênio

Outros tipos de exercícios comuns:

A maioria dos exercícios em vestibulares pede que você faça a relação entre as fórmulas, encontrando dados, chegando a novos resultados a partir dos dados disponibilizados. Não se preocupe, os dados serão sempre disponibilizados.

O mais importante é você aprender a ler e a escrever cada uma das fórmulas, sabendo identificar também as representações e os nomes dos elementos e, portanto, dos compostos.

Portanto, para você que irá prestar um concurso vestibular ou o Enem, fique atento e priorize o estudo de fórmulas químicas.

Escrito por Redator Especialista em Química

Redator especialista em Química no Guia do Ensino.

Caso encontre um erro, violação de direitos autorais ou queira enviar um feedback/sugestão, utilize o e-mail: [email protected] para contato.

Comentários

Deixe uma resposta

Carregando...

0
O metro é das grandezas fundamentais

Grandezas fundamentais: tempo, espaço, velocidade e aceleração

Produção de texto nas esferas sociais públicas e privadas