in

Entenda melhor a história cultural dos povos africanos

Intimamente ligada à história do povo brasileiro, a cultura dos povos africanos é marcada por uma grande diversidade de costumes. Eles variam desde os regimes políticos, religiões, línguas até as atuações econômicas e modelos de habitação.

Estudos da arqueologia comprovam que o continente africano foi o primeiro habitado na Terra, o que gerou essa grande pluralidade.

Com isso, é importante ressaltar que a África não é composta por uma única nação. Nos dias de hoje, o continente africano possui mais de 50 países e chega a ocupar um quinto das terras no planeta.

No início, a forma de organização social mais comum era por meio de aldeias. Mesmo assim existiam, por mais que também existissem nômades caçadores coletores em números reduzidos.

Essas aldeias possuíam um chefe responsável por todos, onde os líderes de cada família era subordinado ao líder tribal.

Com essa formação social originalmente, o continente africano possui inúmeras etnias diferentes, como o reino de Gana, Axum, de Sahel, do Mali, a civilização Iorubá, entre outros.

Entretanto, por meio do processo de colonização dos europeus muito dos costumes se perderam. Isso ocorreu por conta das tradições africanas serem orais, ou seja, não terem parte escrita.

Esse regime de colonização ocorrido no continente africano faz com que, atualmente, os países africanos busquem se fortalecer como estado-nação.

A busca por manter as tradições, deixa claro o embate contra o nacionalismo árabe e o imperialismo europeu.

Religião e arte dos povos africanos

Dentro do continente africano é possível presenciar diversas formas de cultos religiosos. Se destacam o cristianismo e islamismo. Também possuem relevância no continente religiões tradicionais dos africanos que envolvem o culto aos orixás (divindades de origem Ioruba ou Nagô).

Um exemplo dessas religiões é o candomblé. A religião monoteísta que acredita na vida após a morte. Além disso, os seguidores dessa religião cultuam os orixás, os adorando por meio de oferendas, danças e cantos.

Outro ponto que marca a cultura africana são as artes plásticas. As produções tinham o objetivo, geralmente, de homenagear os antepassados e fundadores das aldeias. Dessa forma, eram considerados itens de uso sagrado.

Esses adornos poderiam ser pintados, fundidos, tecidos, esculpidos, trançados, entre outras formas. Normalmente essas peças apresentam figuras geométricas, zoomórficas, antropomórfica ou até mesmo antropo-zoomórficas, que deixam ensinamentos sobre reprodução e produção de uma maneira geral.

Enquanto isso as tradicionais máscaras africanas possuem desenhos que representam espíritos. E aquele que se utilizar da máscara, em rituais ou cerimônias, assume a entidade que a máscara representa, se transformando no espírito rememorado.

Dicas Enem

E para você que vai prestar o Enem e provas em geral, fique atento a essas dicas sobre aspectos da cultura africana:

A cultura bantu não serve apenas para um povo específico, mas sim diversas etnias africanas. Essas etnias possuíam uma ligação por se utilizarem de um mesmo idioma, que teria base no tronco linguístico bantu, que teria surgido na região dos atuais Nigéria e Camarões.   

Durante o século XIII, os povos de origem bantu ocupavam cerca de dois terços de todo o continente europeu. Essa massa populacional se utilizavam da domesticação dos animais, sobreviviam através da caça e coleta de alimentos e da agricultura coivara, onde utilizavam o fogo para limpar a terra.

Já nas influências trazidas para o Brasil pelos povos africanos é importante destacar o incremento que a culinária africana trouxe para a brasileira.

Desde produtos comuns no cotidiano, como leite de coco e feijão, até o óleo de palmeira e o azeite de dendê, são influências africanas na cozinha brasileira.

Em suma, a cultura africana se apresenta com uma pluralidade muito grande de costumes e práticas. Além disso se mostra com uma grande influência no dia a dia brasileiro, estando presente da música a cozinha.

Então aproveite e pesquise mais sobre os povos africanos. O tema pode cair na sua prova de História e, para o acerto, é preciso muita preparação. Bons estudos e boa sorte! 

O que você achou?

Escrito por Redator Especialista em História

Redator especialista em História no Guia do Ensino.

Caso encontre um erro, violação de direitos autorais ou queira enviar um feedback/sugestão, utilize o e-mail: [email protected] para contato.

Comentários

Deixe uma resposta

Carregando...

0

Misturas: tipos e métodos de separação

Entenda o conceito de agricultura familiar